domingo, 26 de setembro de 2010

PNEUMOCONIOSE

Conceito: É uma doença ocupacional e uma doença pulmonar restritiva causada pela inalação de poeiras.

Etiologia: Trabalhadores expostos a poeiras, inclui soldadores em geral, mineradores de minerais ou metais, trabalhadores na industria de transformação e consumo de produtos minerais e metálicos, assim como trabalhadores em agricultura.

Patogênese: O desenvolvimento da pneumoconiose depende da quantia de poeira retida no pulmão e nas vias aéreas; do tamanho, formato e poder de flutuação das patículas; da solubilidade das partículas e da reatividade físico-química; e dos possíveis efeitos adicionais de outros irritantes.

Quando as menores partículas de poeira chegam até as pequenas vias aéreas e acomodam-se nos revestimentos, é ampliado um recrutamento de macrófagos. A proteção proporcionada pela fagocitose das partículas, entretanto, pode ser superada pela maior carga de poeira depositada com os exposições ocupacionais e por interações químicas específicas das partículas com as células, modificando assim a resposta pulmonar. As partículas menores de poeira tendem a causar uma lesão aguda e as partículas maiores tendem a persistirdentro do parênquima pulmonar durante anos.

Alterações Morfológicas Macroscópicas: Faixas lineares e agregados de pigmento antracótico prontamente indentificam os linfáticos pulmonares e marcam os linfonodos pulmonares; máculas de carvão e nódulos de carvão são observados no pulmão.

Alterações Morfológicas Microscópicas: Fibrose interticial.

Alterações da Função: Reduções significativas na capacidade de transporte de gases pela membrana alvéolo-capilar, dispnéia de esforço, cansaço e tosse seca.

Degeneração: Presente como fator dominante.

Necrose/Apoptose: Presente.

Pigmentação: Presente na PTC ( pneumoconiose dos trabalhadores do carvão).

Calcificação: Presente.

Inflamação: Presente.

Disturbios Hemodinâmicos: Ausente.

Disturbios do Crescimento: Ausente.

Reparo: Presente como fator dominante.

Neoplasia: Presente.

By: Diego Alencar Biomedicina 100.5

Um comentário:

  1. como fazer para reverter esse quadro? adrianocesarmesadri@hotmail.com

    ResponderExcluir