segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Síndrome da Polipose Adenomatosa Familiar.

Conceito: É causada por mutações no gene da polipose adenomatosa do colón localizada no cromossomo 5q21

Etiologia: Na Polipose Adenomatosa Familiar os pólipos aparecem pelos 16 anos de idade e, se não for removido o cólon ( a colectomia profilática faz-se pelos 18 - 20 anos ) o cancro aparece pelos 50 anos.

Patogênese: A PAF se manifesta pela presença de numerosos pólipos adenomatosos em todo trato gastrointestinal, principalmente o cólon. Estes pólipos podem estar presentes vários anos antes do aparecimento dos sintomas, fato que ratifica a importâncias de investigação precoce dos familiares de pacientes acometidos pela doença. Estudos têm afirmado a existências de pólipos por pelo menos uma década antes do aparecimento dos sintomas1. Estes pólipos progridem para câncer colorretal até 35-40 anos se não tratados adequadamente.

Alterações Morfológicas Macroscópicas: Formação de um número de pólipos no intestino grosso, no geral, mil ou mais.

Alterações Morfológicas Microscópicas: Não descritas.

Alterações da Função: Má absorção intestinal.

Degeneração: Ausente.

Necrose/Apoptose: Ausente.

Pigmentação: Ausente.

Calcificação: Presente.

Inflamação: Presente como fator relevante.

Disturbios Hemodinâmicos: Presente.

Reparo: Ausente.

Neoplasia: Presente.


By: Lygia Cláudia Biomedicina 100.5

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário